30 de dez de 2010

GOOD LUCK

O Monstro que agride e difama, se transforma no surtado que “do nada”, lembra que é culpado.

Pede desculpas. Jura que foi por amor, mas quando tem seu pedido negado, torna a ser o Monstro ameaçador.

Faz ameaças com base em meus pontos fracos, mas Burro, se esquece que é na dor que uma mulher se fortalece.

Quem és tú... Óh louco? Reatar com você me permitiria morrer aos poucos.

A idéia de vingança veio junto ao ódio que já se despediu.

Levanto minha cabeça... bola pra frente. Tenho braços fortes, inteligência, sou valente!

Agora quero entrar pela porta que se abriu e iluminou a minha mente: O melhor caminho é o que me faz seguir em frente.


“É só isso, não tem mais jeito.
Acabou, boa sorte.
Não tenho o que dizer, são só palavras, e o que eu sinto, não mudará”
(Ben Harper / Vanessa da Mata)

Por Fabi Bertolacci

30 de dez de 2010

GOOD LUCK

O Monstro que agride e difama, se transforma no surtado que “do nada”, lembra que é culpado.

Pede desculpas. Jura que foi por amor, mas quando tem seu pedido negado, torna a ser o Monstro ameaçador.

Faz ameaças com base em meus pontos fracos, mas Burro, se esquece que é na dor que uma mulher se fortalece.

Quem és tú... Óh louco? Reatar com você me permitiria morrer aos poucos.

A idéia de vingança veio junto ao ódio que já se despediu.

Levanto minha cabeça... bola pra frente. Tenho braços fortes, inteligência, sou valente!

Agora quero entrar pela porta que se abriu e iluminou a minha mente: O melhor caminho é o que me faz seguir em frente.


“É só isso, não tem mais jeito.
Acabou, boa sorte.
Não tenho o que dizer, são só palavras, e o que eu sinto, não mudará”
(Ben Harper / Vanessa da Mata)

Por Fabi Bertolacci